Arquivo para novembro, 2016

O destino

sexta-feira, novembro 4th, 2016

Domingo, às 19:30, jogam na Arena Condá Chapecoense e Figueirense.

Poderia ser mais um jogo de muitos, mas não será, pois ele poderá valer mais do que um campeonato estadual, poderá valer a manutenção para a Chapecoense na Séria A e o rebaixamento para o Figueirense. Matematicamente seria o limite do limite para o time do Estreito.

Entendo a raiva dos torcedores em relação ao Figueirense, o desejo que ele seja rebaixado, a total impossibilidade de pensar que os times de SC poderia se ajudar, pois a rivalidade encaminha para isso.

O Figueirense chegou a ficar por sete anos consecutivos na Série A. Foi por muito tempo o maior time de SC no que se refere a inserção nacional. Foi modelo de gestão de no futebol, mas caiu em desgraça quando começou a se atrapalhar nas finanças e perdeu a mão no vestiário, contratando caro e errado e colocando no comando do futebol pessoas sem identificação com a realidade da ilha.

Pois este Figueirense estará aqui na noite de domingo para um jogo de desespero. Se for derrotado, precisará de 100% de aproveitamento até o final. Perto do impossível.

Para a Chapecoense cabe vencer para ultrapassar o número mágico dos 45 pontos e com isso determinar que o grande objetivo da temporada foi alcançado, podendo olhar com ainda mais atenção a Copa Sul-Americana.

Um jogo para ficar marcado na história dos dois times. Se a Chapecoense vencer será decretado que foi o jogo que encaminhou o rebaixamento e a rivalidade será potencializada ao grau máximo.

Se o Figueirense vencer o jogo ficará marcado pela superação e por uma espécie de chance oferecida pela Chapecoense, assim como foi naquela rodada final da Série B em 2013, quando a Chapecoense, já com o acesso garantido, venceu o ICASA em Juazeiro do Norte, e carregou o Figueirense.

O certo é que o destino armou este encontro eletrizante.

A casa deverá estar cheia. E em campo, destinos sendo traçados, mas em situações diametralmente opostas.