Arquivo para a categoria: ‘Esporte Amador’

Estão matando os Jogos Abertos

quarta-feira, fevereiro 13th, 2013

Joinville, a maior cidade de SC, disse não aos Jogos Abertos, desistiu de ser sede neste ano. Pediu exagerados R$ 5 milhões para o Governo do Estado. O evento precisa ser repensado com urgência. A essência dos JASC está perdida e se transformou em um evento muito caro, principalmente no que se refere às contratações milionárias de atletas. R$ 5 milhões para realizar os JASC? Soa como desculpa para fugir do compromisso.

Com uma verba deste tamanho Chapecó realiza cinco edições.

Joinville dizer não aos Jogos Abertos de SC é uma desvalorização que este monumento do esporte catarinense não merecia. A maior cidade catarinense dizer não ao maior evento esportivo de SC é algo que escancara os rumos errados que nosso esporte amador está percorrendo.

Estão matando os Jogos Abertos. Incompetentes!

Parabéns Chapecoense Futsal

domingo, junho 24th, 2012

Estive em Rio do Sul para a transmissão, através da Rádio Chapecó AM 1330, da decisão da Copa SC de Futsal, na noite do último sábado. Junto com o colega Rodrigo Goulart contamos a história de um jogo fantástico e da primeira conquista estadual da Chapecoense Futsal, desde que a equipe foi assim denominada.

Começo pelo placar, 4×4. Vitória em Chapecó por 5×2 + empate em Rio do Sul = Copa SC no armário e faixa no peito.

A construção do placar é que deixa a exata dimensão de como tudo aconteceu.

O primeiro tempo foi de superioridade de Rio do Sul, que venceu por 2×0, com uma Chapecoense Futsal desencontrada em quadra e errando em demasia.

Veio o segundo tempo e com ele uma sensível melhora da Chapecoense. Demorou um pouco, mas com a maior qualidade da equipe verde e branca e um esgotamento físico dos adversários a Chapecoense Futsal empatou.

Tudo parecia encaminhado para o titulo, com empate ou mesmo a virada, pois a Chapecoense estava mais inteira e carimbando duas vezes a trave adversária. Um erro, uma recolhida de bola de Rio do Sul e o gol, para marcar 3×2. Logo veio o 4×2 e uma quase certeza de que a prorrogação aconteceria. Uma quase certeza. Intimamente algo me dizia que não teríamos a prorrogação e cheguei a externar este sentimento na transmissão da Rádio Chapecó.

Esta espécie de premonição, se é que podemos avaliar um sentimento como este com tamanho potencial, se confirmou com os gols de Neto aos 39minutos e 28 segundos e Duio aos 39 minutos e 46segundos, e o que parecia impossível para alguns aconteceu, o empate se confirmou.

A última bola seria da Chapecoense. Seria. O cronômetro estava zerado e mesmo assim a arbitragem achou milésimos de segundo que possibilitaram a bola chegar ao gol da Chapecoense Futsal para mais uma defesa do goleiro Maisena. Não havia mais espaço para jogo apenas para uma festa repleta de em emoção que foi realmente contagiante. Chapecoense Futsal – Campeã da Copa SC de 2012! Mais do que merecido.

O renascer de uma modalidade

O momento vivido pelo futsal masculino de Chapecó é intenso, feliz e importante.

A conquista da Copa SC é um prêmio para aqueles que conduzem este projeto com muitas dificuldades.

O crescimento da modalidade não passava obrigatoriamente por uma conquista de Copa SC, mas que ela veio em boa hora e anima ainda mais a todos, não resta a menor dúvida.

A Copa SC garante a participação em outros certames de boa visibilidade e valoriza os bons parceiros que acreditam na seriedade daqueles que mantém o projeto.

Antes mesmo da conquista o empresário Sixtilio Hans e seu filho Júnior, proprietários na NIJU Câmaras Frigoríficas, revelaram que estão negociando a compra de uma vaga na Liga Nacional Futsal para que Chapecó e a Chapecoense Futsal tenham seu reingresso no principal certame da categoria e desta vez sem vaga emprestada, mas sim através de uma parceria verdadeira.

A fase é muito boa para o futsal masculino de Chapecó.

Bocha quadrada

sábado, novembro 12th, 2011

Silvênio Mergen, técnico da bocha feminino de Chapecó, em conjunto com as atletas, reclama da qualidade das bochas que foram disponibilizadas pela Fesporte.

As equipes investem em ternos de bochas vindos da Itália, de qualidade superior, mas a Fesporte optou por obrigar as equipes a utilizar bochas de qualidade muito inferior.

A reclamação, pasmem, é de que as bochas não são redondas, são tortas. Quando perde velocidade no acabamento da jogada elas acabam desviando da trajetória desejada.

Todos estão reclamando. Quando as canchas do Mampituba, elas estão sendo elogiadas.

Silvênio Mergen destacou também que o nível da competição neste JASC está muito alto. Parada dura para a excelente equipe de Chapecó.

 

 

 

 

Um verdadeiro show

sexta-feira, novembro 11th, 2011

Impressionante a festa promovida por Criciúma para a abertura dos Jogos Abertos. Um evento sem comparação no esporte catarinense. Todos os detalhes foram cuidadosamente trabalhados para realizar uma apresentação de alto nível. O show de fogos foi digno de Copacabana no final de ano, tudo sincronizado com o sistema de som. O mestre de cerimônias foi Celso Freitas, criciumense famoso pelos anos de Globo e agora na Record. Um craque. Depois um show como sambista Jorge Aragão. Vai ser difícil superar Criciúma neste quesito. Foram aplicados R$ 300 mil neste evento, mas valeu à pena. O homenageado da noite foi o Guga, maior nome do esporte catarinense. Merece, pois nasceu nos JASC.

Criciúma também está mexendo na funcionalidade das disputas, reunindo em locais amplos, várias modalidades.

Esta modificação facilita a cobertura jornalística e possibilita ao público acompanhar uma variedade maior de modalidades que, quem sabe, jamais tenha visto.

Quanto aos órgãos de imprensa, houve um aumento em relação a edições passadas, pois neste quesito os JASC estavam afundando.

Criciúma está fazendo o papel que Chapecó fez com maestria em 2005, está oxigenando, recuperando o evento.

OS JASC estão apenas no começo, mas já deixa claro que Criciúma encarou com seriedade o evento e quer sim marcar época.

 

Foto: Fesporte.

Uma fortaleza do futsal feminino

domingo, dezembro 5th, 2010

A equipe de futsal feminino da escola Lurdes Lago de Chapecó conquistou um titulo internacional. Na sexta-feira a equipe comandada por Amauri Giordan, o Fortaleza, aplicou inacreditáveis 32×0 na equipe do Equador e levantou o troféu de campeã nos Jogos Sulamericanos Escolares. Fiquei muito feliz com a notícia, pois sei do carinho com que o Fortaleza cuida deste projeto e da forma abnegada com que as meninas trabalham ao seu lado.  A escola Lurdes Lago apóia a iniciativa e está colhendo resultados fantásticos e que podem e devem servir para outras iniciativas esportivas não somente na Lurdes Lago, mas também em outras escolas. Parabéns, amigo Fortaleza! Você merece ao lado de todas as atletas e da direção da escola Lurdes Lago todos os elogios e um belo desfile no caminhão do Corpo de Bombeiros. Esta conquista nasceu dentro de uma escola estadual, com as limitações de investimento inerentes a realidade brasileira na área educacional e com os salários vergonhosos que recebem nossos professores. Tudo foi superado em nome do amor a profissão e ao esporte.

Fabuloso!

O Futsal da Malwee é um sucesso?

sexta-feira, novembro 26th, 2010

Comunicado oficial da empresa.

A Malwee anunciou que está retirando seu patrocínio do time de futsal de Jaraguá do Sul. A coluna havia adiantado a noticia em setembro deste ano.

Pois o que se vê e ouve agora é que o Futsal da Malwee é um sucesso. Sucesso? Depois de 10 anos e quase 50 títulos ela fecha as portas. Não fosse o detalhe de fechar as portas continuaria sendo um sucesso. A Malwee foi sucesso!

Sucesso deve ser representado por Grêmio e Internacional, instituições centenárias e que ganharam todos os títulos possíveis. Sucesso deve ser atribuído a Chapecoense que em 37 anos ganhou três estaduais e que hoje figura no cenário nacional a duras penas. A Chapecoense foi campeã a primeira vez em 77, quando as estradas eram de terra e jogar no Litoral era uma aventura. Sucesso é isso, seguir jogando, emocionando seus torcedores. Sucesso é ficar de portas abertas e escrevendo a história.

A Malwee Futsal é um sucesso? Sucesso seria se Jaraguá do Sul abraçasse a equipe e a deixa-se em quadra. Os craques já estão com novos contratos em outros clubes e Jaraguá do Sul ficará sem time, com uma baita saudade no peito e um ginásio espetacular sem time para jogar.

Sucesso é aquele time amador da grota que mete o pé na estrada e ganha títulos.

Sucesso é aquele clube que lança a nova camiseta e não aquele que a faz virar uma peça de museu.

Viva o sucesso daqueles que seguem jogando, seja o jogo da bola ou o jogo da vida.

Em busca do dinheiro atrasado

terça-feira, novembro 23rd, 2010

Da o dinheiro tucano!

O Secretário de Esportes e Lazer de Chapecó, Ivan Carlos Agnoletto, está hoje em Florianópolis em busca da liberação dos repasses para as modalidades esportivas de Chapecó. Os recursos estão atrasados. Coordenadores de várias modalidades não sabem mais o que fazer para conter os cobradores e para deixar o subsidio aos atletas em dia.

Há muito tempo que este problema vem se arrastando em SC. O futsal masculino, ainda do tempo da Liga Nacional, quebrou esperando uma verba do Governo Estadual. A modalidade novamente está em crise, e se a situação continuar, não tenho dúvida de que fecha as portas em 2011.

Investimentos equivocados em eventos sem importância ou a aplicação de uma pequena fortuna no Showbol, ou pior, as acusações de desvios de milhões de reais do Fundesporte para entidades fantasmas e que ainda não foram devidamente apuradas, minaram o caixa do esporte catarinense. Novamente pagam os bons e os corretos. Aqueles que prestam contas estão pedindo de joelhos que se liberem os repasses. Todo ano é o mesmo drama, todo ano é a mesma conversa mole.

Quem tem a caneta para resolver a questão é o Governador Leonel Pavan, do PSDB, mesmo partido do Secretário Ivan Carlos. Se o Governador não liberar o dinheiro para um companheiro de Ninho Tucano, aí estamos no mato sem cachorro. E sem tucano também.

Estou em Brusque

terça-feira, setembro 14th, 2010

Começou mais uma missão prazerosa que é trabalhar na cobertura jornalística dos Jogos Abertos de SC. O maior evento esportivo do Sul do Brasil chega a sua 50ª edição e somente este marco já o valoriza. Cheguei junto com o Mario Tomasi, que aproveita suas férias na Prefeitura de Chapecó para trabalhar nesta cobertura, e de cara já contamos mais uma vitória da bocha feminino de Chapecó que levantou mais um ouro e um troféu de 1ª colocada e soma mais 13 pontos na contagem geral da competição. Brusque, como sempre, está belíssima e bem preparada para sediar o evento que aqui começou em 1960. Até sábado teremos muito trabalho pela frente. Esta é a sexta vez que trabalho na cobertura dos JASC e cada vez mais meu ânimo se renova. Mais de sete mil atletas estão nesta disputa. É um evento grandioso.

Lourdes Lago se classifica para 2ª fase do estadual de futsal

segunda-feira, junho 14th, 2010

Professor Amauri Giordan orientou a equipe em mais duas vitórias no estadual.

 
 A equipe sub 13 do futsal feminino do Colégio Lourdes Lago se classificou para a segunda fase do campeonato estadual. A continuidade na competição aconteceu depois que o time jogou duas partidas que foram realizadas no último fim de semana no município de São José do Cedro. Os jogos foram válidos pelo returno da primeira fase.
Na primeira partida, o sub 13 do Lourdes Lago venceu a equipe de Pinhalzinho por 4 a 2. Na sequencia, o time de Chapecó voltou a vencer, desta vez a equipe de São José do Cedro pelo placar de 2 a 0. O Lourdes Lago encerrou a primeira fase com nove pontos e conquistou a liderança da chave.
As partidas da segunda fase estão marcadas para o mês de agosto. Vão ser formadas duas chaves de quatro equipes. Os dois primeiros de cada chave fazem o quadrangular final. Os times já classificados são: Lourdes Lago, Female, Caçador e São José do Cedro.
 
SUB 15 e JESC
 
As competições prosseguem esta semana para o futsal do Colégio Lourdes Lago. O primeiro compromisso é com a fase microrregional dos Jesc – Jogos Escolares de Santa Catarina que vão ser realizados de terça a sexta-feira. Já a equipe sub 15 participa no próximo fim de semana do returno da primeira fase. O Lourdes Lago entra em quadra contra Concórdia, Caçador, Female e São Lourenço do Oeste. As partidas serão realizadas no ginásio Plínio Arlindo de Nês.  
 

Fonte: Mauricio Zanella.

NADADORA CHAPECOENSE É TRI-CAMPEÃ CATARINENSE

segunda-feira, junho 14th, 2010

No final de semana, 12 e 13, a Associação Chapecoense de Natação – ACN / AQUATIC CENTER / UNOCHAPECÓ / INOVADORA SISTEMAS / PMC, esteve em Criciúma, disputando o estadual válido pelas categorias MIRIM (9 e 10 anos) e PETIZ (11 e 12 anos). No campeonato promovido pela Federação Aquática de Santa Catarina na piscina térmica do Clube Mampituba, 241 nadadores de 19 equipes disputaram as medalhas oferecidas aos vencedores das 84 provas do programa. A delegação da Chapecoense comandada pelo professor Vitor Goulart foi integrada por 04 atletas, revelados nas academias Aquatic Center e Mega Armazen de Chapecó e conquistou 7 medalhas, sendo três de ouro, três de prata e uma de bronze. O principal destaque do grupo, foi a performance de Natália Behm da Silva (Despachante Magrus), que voltou para casa com quatro medalhas (três de ouro e uma de prata), subindo ao pódio em todas as provas que disputou. A nadadora que recentemente foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Chapecó, manteve a doce rotina de subir ao pódio em todas as provas que disputa. Nesta que foi sua quarta competição na temporada a chapecoense garantiu o tricampeonato estadual nas provas de 50 e 100 metros nado livre, acumulando 14 medalhas (12 de ouro e 02 de prata) no ano. As outras medalhas foram de Yan Macena (Bazar Novidades), que freqüentou o segundo lugar do pódio nas provas de 50 m costas e 50m borboleta e Lucas Benelli (Arcelor Mittal) que conquistou um bronze nos 400 m nado livre. Segundo o presidente da ACN, Paulo Utzig, a participação foi positiva. “três dos quatro atletas que foram ao sul do estado voltaram com medalhas, isto significa que 75 % da delegação subiu ao pódio, mas 100 % do grupo evoluiu em seus tempos pessoais”, declarou o dirigente que lembrou ser apenas o primeiro de uma série de três compromissos da Natação neste mês de junho.

Fonte: Unochapecó.